Sexta-feira, 26 de Outubro de 2007

O outro? Eu?

Sim. Já tive o desprazer de ser "O" outro. E vou contar uma situação que não desejo a nenhum dos amigos frequentadores do buteco. Talvez o André mereça.

Júlia é moça bonita, vinda do interior pra estudar num cursinho pré-vestibular aqui na capital.
E eu também estava no mesmo cursinho, recém emancipado, morando em pensão, trabalhando durante o dia e estudando a noite. Ela estudava durante o dia e morava em uma pensão que ficava exatamente em frente a minha. Pensões de homens e mulheres (imagine uma confusão).
Quando saia pra trabalhar, ela estava com seus cadernos e apostilas rumo ao cursinho, e trocavamos um bom dia daqueles bem cheio de dengo e íamos conversando até o metrô, onde tomavamos rumos diferentes.

Sempre tinha a desconfiança de que aquilo um dia não prestaria. Certo dia nos beijamos e fizemos coisas que amigos definitivamente não fazem. Alguns meses e muitas saliências feitas as escondidas, Julia foi pra casa da mãe curtir as férias e voltou dizendo que não me queria mais, que eu era o tipo de homem que não serve pra mulher alguma, que eu tinha me aproveitado da inocencia dela e toda aquela conversa de quem não quer mais nada (como se ela não tivesse usado e lambuzado esse que vos escreve). Ok. Sem problemas, se um não quer, dois não fornicam.

Dois meses depois, chegando em casa, tarde da noite, encontro a dita moça parada em frente da minha porta, dizendo que estava errada, arrependida, que eu era um cara muito legal, que eu a perdoasse, que tinha sido uma besta... (se ela bebeu? Pense num porre!).
Apenas disse que ela tinha feito a opção dela e que a fila tinha andado (mentira). Ela também me disse a mesma coisa. Que eu tinha optado por não lutar pelo amor dela, tinha sido um fraco. E que ela tava namorando um cabra que morava na cidade dela.

Sentindo-me um trapo humano, e indignado por ter sido chamado de "mole", fiquei com ela essa e mais algumas vezes.
Mas como SEMPRE tem uma alma espiando pela janela nessas horas, a notícia espalhou mais rápido que catapora em escola infantil.
Eis que um dia estou assistindo a mais uma vitória do curintia e bebendo todas, quando alguém resolve que porta é tambor e enche a coitada de porrada.
Chega alguém mais branco que lençol de hospital e diz:
- Acho que é visita pra você, mas se eu fosse você, saia correndo e pulava o muro.
- Hã? como assim rapaiz... o que tu andou tomando?
- Tem um cara grande, mas muito grande na porta e o teu rolo tá com ele.
- E daí? num pode ser o irmão dela? (Aí eu gelei, lembrei que ela não tinha irmão, só namorado)
- Tá lascado. Quem mandou mexer com a mulher dos outros?
- Quanto grande ele é? Dá pra encarar?
- Só se vc beber muito e ficar anestesiado pra não sentir a surra!
- Danosse. Será que ele sabe quem sou eu?

E liguei pra pensão da desalmada da Julia e disse que era o primo dela precisando falar urgente. Quando ela atendeu...

- Que porra é essa????
- Alguem contou pra ele que eu tava tendo um caso com um cara.
- Ele sabe quem sou eu? Putamerda.
- Não. Só contaram que é um japonês e o nome.
- Me chama de Renato então.
- O que você vai...
Desliguei o telefone, me vesti, catei a minha mochila, coloquei umas roupas dentro e pulei o muro de trás da pensão e dei a volta no quarteirão. Rá!!!... existiam 5 japas na pensão! Um tinha atendido a porta, faltavam 4.
Eis que finjo estar chegando e vejo os zóio esbugaiado da coitada.
- E aí Julia, tudo bem?
- Tu-tu-tudo! Amor, você conhece o Renato?
O cabra esmaga a minha mão e devia estar com muita raiva.
- Cê conhece o Railander?
- Opa! claro que conheço! Ele deve estar chegando (entrei e fingi procurar algo).
- Putz. Esqueci minha carteira no bar. Já volto. Foi um prazer te conhecer. Fui andando calmamente, num cagaço que só eu sei como é, e que pareceu ser eterno.

Tive que dormir num hotel por uma semana, porque a pessoa que me delatou, provavelmente deve ter dito pra besta, que eu era o tal Renato.
Voltei só pra pegar as minhas coisas, num dia de madrugada e ir morar com uma cambada de bebum do outro lado da cidade.

Liguei pra malacabada e disse que tava tudo acabado. Que ser o outro poderia ser prejudicial pra saúde.
Mas e o nosso amor?
Amor? Antes de qualquer coisa, tenho amor próprio!

Segue uma rodada pra acordar o povo!!!!
Viajado por Railander Uóston às 14:02
link do post | comentar | favorito
12 comentários:
De Andre Moinhos a 26 de Outubro de 2007 às 15:51
Caralhos voadores! Pq eu mereço? Vai ficar me rogando praga, vai acontecer igual a vez da tendinite... boca de trapo! Malacabado! Ainda vai ter volta...

Bem feito! Se eu estivesse lá ainda apontava pra vc e falava: "É aquele japa abusado que comeu tua mulher, malandro!" rs

Mas, como gosto de você (ui) e hoje é sexta, a rodada de absolut é por minha conta! Pura! Pra tomar numa talagada só! Que hoje promete!

Abraços!


De Railander Uóston a 29 de Outubro de 2007 às 11:29
Caraca... mui amigo!

Não sei se foi praga tua, mas o fds foi dedicado a curar as dores!

Simbora tomar várias.


De ana paula a 26 de Outubro de 2007 às 17:21
Caro não sei o quê:

Já fui a outra duas vezes... Numa delas eu sabia. Mas o cara era o grande amor da minha vida... "Mesmo triste eu tava feliz..."

Da segunda vez que fui a outra é pq um dono de buteco me pediu em casamento mas tinha namorada. Ora, vê se pode um troço desses? Agora, ele fica esperando um telefonema meu. Magoei. Agora é esperar pra ver se passa...

Não desejo isso pra ninguém. Muito menos pro André... rs rs rs

Absolut? Se for de Vanilla (LUXO!), estou dentro!

Beijos!!!



De Railander Uóston a 29 de Outubro de 2007 às 11:31
Eita! Que canalhas!!!!

Mas dá uma ligadinha pro dono do buteco, pode ser que ele esteja precisando de você mais que imagina!

Bjos


De Antonio Ximenes a 26 de Outubro de 2007 às 17:24
Ilustríssimo Passional Alcoólico.

Agora tu és meu ídolo.

Aventura digna de uma crônica de Fernando Sabino.

Não vamos generalizar... algumas vezes ser o outro... é interessante... tão interessante como qualquer chance de se obter sexo casual sem compromisso nenhum.

Nunca se relacione com a mulher do próximo... principalmente quando o Próximo está próximo... rs

Não estando... VÁ FUNDO !!!

Traz um balde de gelo com 05 long necks estúpidamente geladas.

Inté.



De Railander Uóston a 29 de Outubro de 2007 às 11:33
Caro sábio amigo!

Falou tudo. Essa vida de outro, soa tão interessante quanto uma oportunidade pra fazer saliências sem compromisso!

É problema quando o próximo está próximo.

Abraços


De Creuzinha a 26 de Outubro de 2007 às 18:51
Acho que não é digno ser a outra! Sabe, eu (só entre nós) já fiz esta besteira!


Pra tudo tem a primeira vez na vida e única!!! Acordei e mandei plantar batata. Aí esses dias eu fui obrigada a vê-lo, e quer saber? Bem feito pra namorada dele, ficou com o prejuízo. O rapaz tá perdendo cabelo, com uma cara de acabado. Rs, ele continua querendo me ver. Eu não tenho medo da namorada dele (como certas pessoas nipônicas e medrosas), pego ela pelo sovaco e dou um soco no pâncreas. Mas enfim, ela tem que agüentar na fase boa (ui!) e na atual, que eu diria estar péssima!


Ser a outra, as vezes tem o lado bom! rs


De Railander Uóston a 29 de Outubro de 2007 às 11:36
Por isso eu gosto de você!

Quando eu arranjar briga no trânsito, vou deixar você resolver tudo.
Quer casar comigo?

Ops!


De gabriel a 28 de Outubro de 2007 às 12:55
muito loca a historia...muito loca..to dando risada...confesso...mas acho que depois da situação passada o melhor é dar risada..mesmo...
saudações..


De Railander Uóston a 29 de Outubro de 2007 às 11:38
Rapaiz... louco tava o cidadão que estava querendo me fazer encontrar Jesus mais cedo.

Hoje eu dou risada com a situação, certamente, mas o cagaço que eu passei num desejo pro meu pior inimigo.
Talvez pra algumas pessoas.

Simbora que o buteco tem novos frequentadores!

Abraços


De Andre Moinhos a 29 de Outubro de 2007 às 12:15
Tem coisa pra vc lá no blog...

Para de beber e passa lá!

Abraços


De Andre Moinhos a 29 de Outubro de 2007 às 12:16
Tem coisa pra vc lá no blog...

Para de beber e passa lá!

Abraços


Dê o seu pitaco

.Mesa de Buteco!

.Fale com o Railander

e-mail / MSN: papodebuteco@hotmail.com
MSN Online Status Indicator

.Ficha do bebum

.Nem lembro mais...

.Cardápio

. butecos

. fatos do cotidiano

. joselito

. papo de buteco

. papo mole

. personagens

. todas as tags

.Últimos delírios

. Falem bem, ou falem mal.....

. 1, 2, 3, som, som, som...

. Novo Colaborador

. De volta ao batente... ma...

. Noticia Importante!!!

. Façam o que eu falo, não ...

. Mea Culpa

. Barbeiros

. Novidades... nenhuma!

. Fechado para balanço!

.Bebuns

.De onde vêm os bebuns?

Put a Pin on the Map Assine meu livro de visitas!!
Seja visto por todos
Add to Technorati Favorites
BlogBlogs
Adicionar aos Favoritos BlogBlogs
RSS