Terça-feira, 6 de Novembro de 2007

Quando homens viram meninos...

Devido a alguns acontecimentos, que fugiram ao meu controle, estive ausente.

 

O papo de hoje é sobre como algumas coisas fazem a gente agir como meninos.

Amar uma mulher nos deixa exatamente como um garoto. Por mais que sejamos experientes (velhos), invariavelmente, somos pegos com um sorriso besta no canto da boca, cantarolando enquanto dirigimos, dizendo bom dia pra quem nem conhecemos.

Outra coisa que me deixa como um menino é quando consigo comprar um brinquedo que quero muito (carro zero rules!), ou então completar uma coleção (loira, oriental, mestiça, morena, morenaça, ruiva... ainda falta muito.)

 

Ultimamente estou como um menino... que perdeu algo valioso, muito valioso. É uma tristeza sem fim... Não tem nada no mundo que me faça dar uma gargalhada que seja.

É fase, vai passar, eu sei de tudo isso. Mas é extremamente desagradável.

Lembro-me até hoje o primeiro rompimento... parecia que o mundo ia acabar, mas não acabou e cá estou eu levando outro pé na bunda! (mintira - eu que terminei com ela - colou???).

Vamo que vamo, e amanhã vou ver se escrevo sobre algo digno do buteco.

Quinta tá chegando e pro buteco eu vou!!!

 

PS: Dona AP, eu quase acreditei que tu ia ligar mesmo! Cuidado que homem carente é uma merda!

 

Segue uma rodada de whisky, por conta da casa.

Viajado por Railander Uóston às 18:50
link do post | comentar | favorito
8 comentários:
De Fabio a 6 de Novembro de 2007 às 23:11
Êita, gaudério, vamos que vamos pro boteco afogar as mágoas. O negócio é beber pra esquecer.
Fica assim não, é complicado, mas acontece com todo mundo.
Se a ceva tiver de pé, prende o grito!

Abração!


De Railander Uóston a 7 de Novembro de 2007 às 18:20
Tomar uma pinga pra aliviar o estresse é o bicho... na verdade, nem precisa de muito motivo pra apreciar uma branquinha.

Simbora que a vida continua amigão!

Abraços


De ana paula a 6 de Novembro de 2007 às 23:49
Meu querido ex-quase... Tá carente, né? Já passei por isso (finais de namoro, casamento, caso...)tantas vezes...

Puxa, não sabia que o rompimento do nosso fugaz noivado ia te abalar tanto! (Piadinha infame pra fazer vc tentar sorrir! rs)

Olha, dói. Paca! Mas passa. Prometo. Recomendo, além do porre básico com amigos, chocolate, horas com a princesa, um dia atrás do outro e filmes que façam chorar. É tiro e queda.

Se vc continuasse sumido, eu ia ligar sim. Mas primeiro ia ter que arrumar seu telefone com as meninas. Nosso noivado foi tão rápido que não deu tempo de pedir seu telefone, hahahahaha!

Menino, estava tão preocupada que até escrevi errado lá no outro comentário... rs

Então, desce uma caipirinha grande de lima aí, que Deus sabe como eu estou precisando!

Beijos!


De Railander Uóston a 7 de Novembro de 2007 às 18:23
rs... lembrei desse detalhe "pequeno" do telefone!

É Musa... mas o tempo não vai parar pra esperar eu me recuperar... o relogio continua andando...

Simbora tomar uma caipirinha?


De Primeira Lady Newton a 7 de Novembro de 2007 às 11:20
Railander, meu gatchinho afro-oriental que tanto me encanta! Meu docinho de aguardente! Minha geléia de vodka com sabor de laranja!

Encosta a cebecinha com este rastafari lindo e cheiroso feito nestes cabelos crespos e relaxa um pouquinho...

Vim correndo aqui. Mulher nenhuma resiste aos seus olhos, meu quitute!

Deixa eu correr, q os capangas do meu chefe já tão de olho! *Virando o Hi-Fi sem gelo e sem suco*


De Railander Uóston a 7 de Novembro de 2007 às 18:25
Cacilda... se eu soubesse que ia ser tão mimado por algumas das mulheres mais bonitas que conheço, nem ficava tão desanimado!

Lady, tu me conquista mais um pouquinho a cada dia!

bjos


De DôeDinha a 7 de Novembro de 2007 às 11:52
Uóóó, meu xodó! Minha gente, pense num cabra dengoso, cheiroso, treloso e porque não dizer... sem juízo! (pensou em gostoso, né?! Ahahahahaha...) Então tá, tá valendo o gostoso, no sentido de gostável, delicioso e amável. Tu é tudo isso, meu santinho, uma mistura saborosa: Afro-oriental, a timidez nos zoinhos puxados com a malemolência de um negão do coração enorme e cheio de ginga.

Dói, machuca, o tempo se faz de vento e vai levando a gente junto, um belo dia, a gente se lembra com saudade, e já não dói tanto assim, fica uma boa lembrança. Bem definiu nosso amigo Vinícius de Moraes: “Que não seja imortal, posto que é chama, mas que seja infinito enquanto dure!

Força, esse menino! Te amo!


Ps. MagrãôÔÔ, hoje eu vou de água de côco... Obrigada!


De Railander Uóston a 7 de Novembro de 2007 às 18:27
Meu amor... só tu e essas doidas pra dizerem isso... rs

Vinicius foi um sábio da melhor qualidade!

Força? Claro! Todos os dias!

Beijos


Dê o seu pitaco

.Mesa de Buteco!

.Fale com o Railander

e-mail / MSN: papodebuteco@hotmail.com
MSN Online Status Indicator

.Ficha do bebum

.Nem lembro mais...

.Cardápio

. butecos

. fatos do cotidiano

. joselito

. papo de buteco

. papo mole

. personagens

. todas as tags

.Últimos delírios

. Falem bem, ou falem mal.....

. 1, 2, 3, som, som, som...

. Novo Colaborador

. De volta ao batente... ma...

. Noticia Importante!!!

. Façam o que eu falo, não ...

. Mea Culpa

. Barbeiros

. Novidades... nenhuma!

. Fechado para balanço!

.Bebuns

.De onde vêm os bebuns?

Put a Pin on the Map Assine meu livro de visitas!!
Seja visto por todos
Add to Technorati Favorites
BlogBlogs
Adicionar aos Favoritos BlogBlogs
RSS